Minha foto
Sou Anete. Amo A Vida Abundante e gosto muito de falar Dela! Gosto de poesias, poemas, reflexões e livros... "O AMOR DE DEUS É TERNO E ETERNO!" (JOÃO 10.10)!

Seguidores

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Era Uma Vez...












     Era uma vez uma nova estorinha da Viviane... (Em 28/fev escrevi sobre ela...)

     Viviane era uma adolescente muito retraída e corajosa, tinha sentimentos bem opostos. Hora era muito alegre, hora muito melancólica; hora bem brincalhona, em outros momentos introvertida às pampas. Vivi não era bipolar, gente, ela vivia os contrastes da sua história de vida.

     Sempre gostou muito de ler e brincava de imaginar proezas e situações interessantes. Um dia, chegaram às suas mãos "As aventuras de Tom Sawyer e As Aventuras de Huckleberry"/Mark Twain e então esta garota deu longas asas as suas emocionantes aventuras pessoais...

     Aos 16 anos, Viviane conheceu um rapaz que gostou muito e começou a se apaixonar. Conversa vai, encontros acontecem e Vivi empolga-se e começa uma linda história de amor adolescente!

     Moravam numa cidade litorânea, Praia Dourada, lugar bonito e abençoado por Deus!

     Aqueles adolescentes estavam vivendo as alegrias e novidades do primeiro amor! Um tinha o temperamento pensador e o outro totalmente extrovertido, espaçoso e apressado...

     Os dois gostavam de trocar ideias , conversar sobre livros e filmes. Faziam planos para o futuro e o tempo de namoro deles foi crescendo junto com as suas idades. Cada um com a sua história/mala familiar precisando de altas arrumações...    

     Namoraram um bom tempo e depois casaram indo morar num lugar distante chamado Morro Santo!

     Viviane gostava muito do seu marido, Gabriel, um anjo que com as suas fortes asas conduziu Vivi a lugares mais altos,  muito mais altos e felizes do que ela imaginava nos seus livros e visões infantis e adolescentes. Na verdade, um ajudava o outro a crescer e ser!

     Tiveram filhos e multiplicaram o amor mais e mais... Cada ano que passava Viviane crescia nas suas emoções e experimentava mais realidades fantásticas do mundo ao seu redor. Foi aprendendo aos poucos, passo a passo, e descobriu que não era triste nem alegre, era poeta na vida e na alegria de viver. 

     Viviane e Gabriel sempre viveram muitos capítulos plenos de emoções, sensações e realizações!



Anete

















    

15 comentários:

  1. Oi Anete, adorei o texto:)
    É verdade, paciência e sabedoria, sempre;)
    Beijos e bom dia!

    ResponderExcluir
  2. Linda história da vida desses dois que se encontraram pelos caminhos, com malas a arrumar, mas tudo deu certo! beijos,chica e ótimo dia!

    ResponderExcluir
  3. Pessoas boas colhem frutos bons, apesar da jornada geralmente ser árdua.
    Tá aí um exemplo de seres humanos com bom caráter que construíram uma vida feliz!

    Tenha um lindo dia!

    Bjksss

    ResponderExcluir
  4. Será que por vezes o tempo demora tanto ou a gente é que tem pressa de viver?
    Adorei, Anete.

    ResponderExcluir
  5. Querida,
    amo essas histórias que acabam com um final de realizações e aprendizados!

    Bjinhos e um linda quinta!

    ResponderExcluir
  6. Amei te ler, amiga!
    Linda e terna história de vida e de amor.
    Abraços! Um abençoado e feliz final de semana
    pra ti.

    ResponderExcluir
  7. OI, Anete bela o final da história de Viviane
    Te desejo uma noite maravilhosa e plena como
    a de Viviane. bjsss

    ResponderExcluir
  8. Anete,me encantei com essa história de amor!Que possam ser cada vez mais felizes!Muito bem escolhidas as imagens tb,ficaram uma graça!bjs,

    ResponderExcluir
  9. Que linda história Anete, e com um final feliz...adoro finais felizes!!!
    Tenha uma boa noite amiga!
    bjus!

    ResponderExcluir
  10. Anete, que gracinha de história. Amo histórias assim, que só o bem impera. Eu também adorava Charles Dickens e eu também lia muito. Comecei a namorar com 13 anos e com aquele amor de romance, forte, puro e verdadeiro, um rapaz mais velho que me levava nas alturas. Vivia um sonho. Depois de me formar casei-me e ele sempre foi o meu herói. Hoje ele deve estar viajando pelas galáxias, como ele sempre queria de verdade. Eu daqui, fico olhando e vendo-o passar. Mas a saudade dói muito! Beijo e abraço!

    ResponderExcluir
  11. Boa noite minha querida, achei fofa sua história!
    Beijos e que Deus abençoe seu fim de semana!

    http://papodemulheremaisumpouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Excelente história, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  13. Ane bom dia, adorei a histórinha da Vivi me coloquei no lugar dela...alias gosto muito de tudo que você coloca no blog...
    Sim minhã palavra de ordem é paciência coisa que não tenho muito...mas quando Deus está no comando tudo vai bem..
    Ane se sinta abraçada...bom final de semana
    Bjos...

    ResponderExcluir
  14. Queridos, esta historinha tem a minha cara/vida, por isso o nome ViviAne... Rsss... Claro que com algumas modificações/fantasias... Aliás, quem escreve fala sempre de si de uma maneira enigmática, modificada! Rsss...

    Vamos lá, chegou MAIS UM FINAL DE SEMANA...
    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Ane...

    Ah! Paciência e Sabedoria...
    ...Haja paciência!
    ...Enquanto se busca a sabedoria!!

    Bj.

    ResponderExcluir